Evolução desde as disquetes até aos discos externos | Linking

Evolução desde as disquetes até aos discos externos

Hoje em dia quase toda a gente tem um (ou mais) computadores em casa e depara-se com a necessidade de transferir dados de uns computadores para os outros. Ao longo dos anos foram surgindo novas alternativas que no proporcionam transferir esses ficheiros, desde as velhinhas disquetes, que no permitiam transportar pequenos ficheiros, até à mais recente tecnologia dos discos externos, que nos permitem transportar tudo o que temos no computador e ainda sobra espaço.

  1. Disquetes – Surgiram em 1969 com uma capacidade de 79.7 kB, posteriormente apareceram muitos outros modelos com diferentes capacidades em que a mais vulgar é a de capacidade de 1.44 MB. Está actualmente em desuso . [Imagem]OLYMPUS DIGITAL CAMERA
  2. CD – Foi inventado em 1979 comercializado a partir de 1982. Inicialmente utilizado na área da música e posteriormente na informática. É actualmente ainda um dos mais populares meios de armazenamento de dados/música. Geralmente tem uma capacidade de aproximadamente 700 MB/ 80 minutos. [Imagem]Cds de musica
  3. Zip - Surgiu em 1994 e tinha uma capacidade de 100 MB. Mais tarde surgiram modelos com capacidade de 250 e 750 MB. Não teve muito sucesso e é pouco usado actualmente. [Imagem]624
  4. DVD – Foi criado em 1995 e tem uma capacidade de 4,7 GB. É actualmente muito utilizado principalmente no mercado de vídeo. [Imagem]dvds
  5. Pen Drive – Apareceram no mercado em 2000 e revolucionaram a forma de transporte de dados por serem compactos e de ligação às portas USB. A sua capacidade varia de 64 MB a 64 GB. É uma das formas mais populares de transporte de dados da actualidade. [Imagem]pen_drive_1GB
  6. HD-DVD/Blue Ray – Utilizado para armazenamento de dados de alta densidade e vídeo de alta definição. Desde o início houve a batalha entre HD-DVD e Blue Ray, sendo que o Blue ray levou a melhor sobre o HD-DVD. O Blue Ray tem a capacidade para 25 ou 50 GB. [Imagem]hd-dvd-blu-ray
  7. Discos externos – São a derradeira forma de transporte de dados em massa. Alguns destes discos externos conseguem armazenar dados na ordem dos TB(1000 GB). Muito utilizados actualmente no armazenamento de grandes quantidades de dados pela sua portabilidade o que facilita a movimentação desses dados entre vários computadores. [Imagem]disco externo

O que virá a seguir? Acreito que em pouco tempo poderemos transportar todos os dados do nossos computadores num pequeno objecto como por exemplo um relógio.